quarta-feira, 11 de novembro de 2009

OS DESENHOS DE JULIAN

Já todos devem ter ouvido falar de Julian Beever, um artista de nomeada (agora) mundial. Dedica-se a pintar calçadas com um domínio inigualável da arte do desenho em perspectiva, tão espectacular como difícil. Alguns dos seus desenhos são divertidos, outros mais sérios, mas todos eles são absolutamente geniais.
Que Julian é genial, portanto, todos sabemos. Mas, como qualquer grande artista, Julian Beever põe muito daquilo que é efectivamente na sua arte. Assim sendo, deixo este desenho absolutamente brutal, e espero ter da parte da meia dúzia de gatos pingados que me comenta o blog (pingados de mel, diga-se... eu depois explico!) a sua própria interpretação desta obra de arte tão peculiar:
Julian Beever Street Art

54 comentários:

  1. Entao vai ja o meu "pingo". Para alem da inquestionavel genialidade do autor em fazer transparecer as suas ideias para o desenho, destaco um facto indiscutivel: andamos todos a comermo-nos uns aos outros. So nao acredito que seja culpa das nossas Maezinhas.
    Bom dia e um abraco

    ResponderEliminar
  2. Quer dizer... Para além de me chamares gato pingado ainda me poes mel em cima?! Bolas, que uma desgraça nunca vem só...

    ResponderEliminar
  3. Jane, Indigna-te à vontade!

    ;)

    Em breve explicarei essa minha frase. Só não explico agora porque penso que não serás caso único...

    ResponderEliminar
  4. Oh... Eu até gosto de gatos mas eu... Eu sou uma pantera!

    E detesto mel...

    Ah, eu sei lá o que quer dizer o quadro? Se calhar foi algum sonho mau.

    Eu se soubesse pintar dessa maneira também fazia obras de arte geniais!
    É que os meus sonhos...

    ;)
    (Pronto pronto, logo venho munida do meu livro de interpretação dos sonhos e encontro uma resposta lógica...)

    ResponderEliminar
  5. Eheheheheh!!

    Sonhos, hem? E eu com uma interpretação tão terrena aqui guardada...

    :D

    ResponderEliminar
  6. Cirrus, tens a certeza que te referias a gatos?! Ate nisso te mostras normalzinho...a pele dos gatos nao rende nada , pa!!!

    ResponderEliminar
  7. E para que é que eu quero pele de gato?

    :D

    ResponderEliminar
  8. ´Tão mas os sonhos não sao terrenos?

    São almas do outro mundo?

    Tu não me digas isso rapaz!

    ResponderEliminar
  9. Sei la, ate parece que estas com receio de tratares a malta pelos adjectivos...
    :-)

    ResponderEliminar
  10. Jane, não digo que não sejam terrenos, mas são no mínimo realmente imateriais... ou imaterialmente reais... ou quê...

    ResponderEliminar
  11. Namorado, chamar os bois pelos nomes???

    :D

    Não será melhor ficarmos pelos gatos? Just in case...

    ResponderEliminar
  12. São reais, são uma manifestação do inconsciente, e podem ser materialmente registáveis, através do registo da actividade do cérebro no sono.

    Portanto... terrenos.

    ResponderEliminar
  13. Jane, a actividade cerebral é real, não ponho isso em causa. Mas será que o que sonhamos tem algum tipo de correspondência efectiva com aquilo que vivemos? Será saudável vivermos em função dos sonhos? E quando falo aqui em sonhos, falo em sonho, e não em aspiração.

    ResponderEliminar
  14. ah ah ah ah tu voce e que sabe, capitao. O cockpit e seu...
    Mas repito que se o amigo se ficar pelos gatos, nao ganha pa codia! A pele de gato nao rende nada :-)

    ResponderEliminar
  15. Cirrus, tem, o que sonhamos tem sempre a ver com os nossos medos, as nossas vontades, as coisas que nem queremos aceitar para nós, que durante o sono tomam formas.
    À partida terão sempre uma razão de ser. Agora, o sonho deve ter a importancia devida na nossa vida, ou seja, nem muita nem pouca. Deves viver a tua vida, normal, sem te preocupares com o que sonhas, a menos que o sonho seja repetido, ou que estejas a sonhar com algo que te deixe alterado, pois pode ser algo a que podes não estar a dar a devida importância. Mas com a devida moderação.
    Eu pessoalmente não reparo nos meus sonhos. Mais que fazer.

    Podem, isso sim, ser fontes ricas em criatividade. Pessoalmente já me aconteceu "criar" conceitos, imagens em sonhos que depois apliquei quer em desenhos quer em fotografia.:) Quem sabe este senhor não faria o mesmo?
    Somos muito mais do que pensamos que somos muitas vezes. E não falo cá de esoterismos e afins.

    ResponderEliminar
  16. Namorado, a pele de boi também não é lá essa coisa...

    :D

    ResponderEliminar
  17. Jane, percebo a tua perspectiva. E concordo, não devemos viver em função dos sonhos.

    Sonhos à parte, que te apraz dizer sobre o simbolismo do desenho?

    ResponderEliminar
  18. Claro que nao! Vois e bacas sao dos bichos mais comuns. Diria ate que mais do que os gatos (pingados).
    Olha, vou dar de frosques porque o dia esta lindo la fora e esta coisa nao leva a netos. Es muito boa gente, mas tens as tuas limitacoes :-)
    Abraco

    ResponderEliminar
  19. Olha, obrigadinho!!!

    Não queres vir aqui ajudar, não?

    :D

    ResponderEliminar
  20. O Simbolismo:

    (Preparado?)

    No fundo somos todos crianças que, aprisionadas com muros de pedra invisíveis, somos alimentadas à colherada de vidas alheias, por uns carrascos velhos e podres, que esqueceram o que é ser inocente ou feliz, e apenas nos querem manter ali. A colheradas controladas, com pequenas doses que absorvemos com sofreguidão, para que nunca conheçamos a saciedade e não abramos os olhos e descubramos que apenas bastava um sopro para afastar os carrascos, e sermos livres.

    [Loucura]

    ResponderEliminar
  21. eh eh eh eh eh referia-me as coisas que me podem acontecer la fora, num dia destes, airoso, arejado, e com que tu, confinado a esse cubicolo a que chamam escritorios, nao te podes comparar...
    E mesmo que estivesses no jardim, homem! Nao me parece :-)
    Xau

    ResponderEliminar
  22. Jane, bela interpretação! Fica registada!

    ResponderEliminar
  23. Namorado, não sou muito de escritórios... Vou lá e saio para a rua. Trabalho melhor cá fora...

    ;)

    ResponderEliminar
  24. Jane, mas é interessante esse conhecimento dos sonhos. É real ou sonhaste com ele?

    ;)

    ResponderEliminar
  25. Com ele com quem?

    Epah, agora não entendi...

    ResponderEliminar
  26. Pah, posso ter sonhado, eventualmente. Está nos manuais de psicologia, por exemplo. Ou basta uma pequena introspecção para chegar a esta conclusão.

    As pessoas é que não gostam lá muito de pensar, e preferem ler os pensamentos dos outros.

    As colheradas, lá está...

    :)

    ResponderEliminar
  27. para mim o bebé representa o ego de alguns, dispostos a engolir a sua verdadeira essência para inutilmente se sentirem preenchidos com o que os rodeia, em vez de se sentirem em paz com o que são.


    hj não dá para mais mesmo... :P

    ResponderEliminar
  28. Anne, ora seja bem aparecida, a desaparecida!

    Fica registada!!

    ResponderEliminar
  29. nem digas nada, ando rebentada. :P
    ainda dizem que vida de estudante é fácil. :)

    ResponderEliminar
  30. Toda a interpretação é possivel, a verdadeira pode nem estar na cabeça do artista, por isso não dou palpites, apenas comento o que senti quando olhei a foto antes de ver realmente os pormenores do que estava a ver e é realmente algo espantoso que o cérebro demora a perceber que aquilo é um desenho a duas dimensões desenhado num beco.

    Abraço

    ResponderEliminar
  31. ui facilíssima. entre testes trabalhos e muita muita matéria, ao mesmo tempo ter uma casa para manter e uma filha para criar.... :)
    é canja... ahahahahah

    ResponderEliminar
  32. LBJ, estás a menosprezar o segundo grande momento de criação da arte: a percepção. Não interessa apenas aquilo que o artista pensou, mas também aquilo que pensamos.

    Atira lá com um palpite, não pagas mais por isso!

    ;)

    ResponderEliminar
  33. Anne, eu bem sabia... Pelo menos tens canja para o jantar...

    :D

    ResponderEliminar
  34. Catsone, não devia contar!! São só três palavras e nem sequer está em português, pá!

    ResponderEliminar
  35. Cachorro come cachorro...
    Eu sei que estava em inglês, mas a coisa não sai tão bem em tuguês ;)

    ResponderEliminar
  36. Catsone, sai sempre melhor em tuguês!

    ;)

    ResponderEliminar
  37. Há monstros que não precisam de se mexer, apenas engordam e crescem ao ponto de não conseguirem sair do local onde se encontram, mas não precisam de sair... porque haverá sempre alguém que envelhece a alimentá-lo com as misérias humanas.

    É um Ciclo vicioso!

    ResponderEliminar
  38. Pronúncia, mais uma visão, fica registado!

    :)

    ResponderEliminar
  39. Para mim, a mensagem é puramente política. Temos um mundo industrializado a alimentar-se, ou a ser alimentado, dos recursos de um mundo pobre, onde o respeito pela dignidade humana é abaixo de zero, e quem o alimenta é uma senhora de idade provecta e gorda chamada capitalismo. E isso está a levar-nos a todos para o buraco.

    Vocês são meia dúzia de gatos pingados porque efectivamente são meia dúzia, que hei-de eu fazer? Comprar comentadores?? Pingados a mel porque o mel atrai as moscas e assim, sempre podem levar parte daquelas que já cá habitam em permanência, quando de cá saem a abanar a cabeça!...

    ResponderEliminar
  40. ahahahahahah lol
    ao menos somos docinhos.... :P

    ResponderEliminar
  41. Anne, são uns "quiduchos"!!!

    ResponderEliminar
  42. ai filho, não fale assim que me tira o jeito. :) querido!
    ahahahah

    ResponderEliminar
  43. Mas é verdade, são uns "quiduchos"!!

    Isto está a ficar cor-de-rosa!

    ResponderEliminar
  44. daqui a bocado começas a falar em louis viton, as mamas novas da amy ou sobre as tuas noites loucas passadas num shopping... ahahah

    ResponderEliminar
  45. ...num shopping de New york, querida, veja lá!...

    ResponderEliminar
  46. sem dúvida kiduxa... :)

    ResponderEliminar
  47. Quem é a Amy das mamas novas?

    ResponderEliminar
  48. Hein? não tó entendendo.... :)
    eu disse as mamas novas da Amy. pelos vistos pos silicone (mais uma). ela sendo magra como é parece um pau com duas metades de melão coladas às costelas.... :P

    ResponderEliminar
  49. AH, Amy Winehouse!! Essa rapariga é um degredo completo. Tem uma boa voz, mas vai-se perder rapidamente.

    ResponderEliminar

LEVANTAR VOO AQUI, POR FAVOR