terça-feira, 30 de julho de 2013

VERGONHA É DEFEITO

Ilustração Marco Joel Santos

As notícias sucedem-se a grande velocidade e não é fácil seguir os acontecimentos em Portugal. Temos ministros que se demitem depois de fazerem cagada durante dois anos, e que durante dois anos negaram que a estivessem a fazer, mas que reconheceu que a estava a fazer quando se demitiu. O que já diz tudo sobre o carácter psicopata do homem, muito parecida com a atitude de Charles Manson quando foi apanhado. Por outro lado, demite-se logo outro ministro, de forma irrevogável, que é uma palavra que quer dizer que quem não chora não mama e que se vende por um prato de lentilhas, pois passados dois dias já estava de regresso com ordenado melhorado. Melhor não é o primeiro-ministro que não aceitou a demissão, como se isso fosse, em qualquer país livre, sequer possível. A menos que pense que já é o presidente do Conselho…
Depois temos um cepo que se diz ser presidente que não aceita nada disto, e junta os meninos na sala de castigo e obriga-os a fazer as pazes e diz que quer uma Salvação Nacional ao estilo de Salazar. E as pazes quase estavam feitas quando o menino primeiro-ministro foi fazer um discurso à assembleia da menina Assunçãozinha para ver se o outro menino não fazia as pazes com ele… e não fez… e o cepo, para quem nada daquilo servia para o país, regressou no passado e afinal já a solução apresentada, por entre pratos de lentilhas e meninos chorosos mas bem amamentados, era muito boa. Solução de governo que apresenta mais um cervejeiro para um cargo público. Já começo a desconfiar que não vou longe se não mamar umas bejecas na Unicer… Quem se mantém no governo e em força é o BPN, através de um senhor idoso que já foi governante no tempo de D.Afonso III, mas que entretanto ocupou um dos mais relevantes cargos no Banco do Cav… PN, ou seja, mais um dos que nos roubou cinco… seis… sete… oito… ou mais mil milhões de euros, que é uma pipa de massa. Também a Ongoing regressa ao governo, através do Branquinho, aquele que não sabia o que era a Ongoing apesar de ter aceitado ir para lá trabalhar (?) dois dias depois. Convenhamos que é um gajo confiante.
Depois temos a ministra do Schwepps, que não recebeu qualquer documentação do outro governo sobre os schwepps. Pelo menos não mentiu. Quer dizer, recebeu alguma documentação, mas não sobre o caso específico dos schwepps. Ou melhor, havia alguma documentação especificamente sobre os schwepps, mas não continham informação. Ou melhor, tinham informação, mas vaga. Ou melhor, tinham informação específica mas vinha em hebraico e ela não leu a sua Tora em pequenina, não teve tempo, tinha de estudar cartazes. Mas pelo menos não mentiu. Pode ter uma vassoura enfiada no traseiro, mas não mentiu. Aliás, está bem no governo. Não mentiu nem tem lábios, coisas em comum com o primeiro-ministro.
Tudo isto aconteceu em duas semanas, mais o Álvaro dos pastéis de nata que tentou entalar o Portas nos contratos dos submarinos. Contratos, aliás, que já se sabe que foram corruptos. Isto de acordo com os Tribunais alemães, que encontrou corruptores alemães, mas em Portugal não se encontram os corrompidos. Podiam bater às Portas que os encontravam logo… É como no BPN, ninguém sabe muito bem quem engendrou toda aquela marosca, mas também já ninguém dá Cavaco a isso…
Mas a notícia da semana, para mim, é sobre o FMI. O Fundo para a Miséria Imensa, que é liderado por uma corrupta francesa, e que já foi liderado por um proxeneta francês, retirou o etíope, a quem um conhecido sindicalista chamou de escurinho, da nossa Troika. Eu acho bem. Se o gajo é inteligente, que vá para a terra dele endireitar aquilo, pois pelo que se sabe o maior factor de emigração na Etiópia é o vento norte. O FMI pôs-nos cá um indiano. Ah pois, pega lá, embrulha e vai buscar! Agora sim, temos alguém com experiência em trabalho escravo. O facto de sermos orientados agora por alguém que vem de um país em que a violação de uma mulher é permitida desde que seja paga, é uma coisa que me descansa imensamente. Sempre é melhor que um etíope habituado ao vento norte…

PS: E os sacanas dos comunas que levaram Detroit à falência, pá…?

6 comentários:

  1. Que cromo..........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, caro anónimo, verdade. É um conjunto de cromos.

      Eliminar
  2. Já ninguém aguenta, meu amigo! Incompetência a mais, mentira a mais...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toda a gente aguenta. Povo a menos.

      Eliminar
  3. Naquele livro de recordes estúpidos deve haver espaço para este governo no quesito incompetência.
    Nós é que vamos aguentando, aguentando; isto é uma panela de pressão com grande qualidade: não explode por nada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se achas que vai explodir... estás enganado.

      Eliminar

LEVANTAR VOO AQUI, POR FAVOR